O sonho de morar mais perto do verde, em uma região com jeito de cidade do interior, já vinha há tempos tentando a designer Daniela Tombini – dona do charmoso Mini Móbile Ateliê -, que costumava passar os fins de semana na casa de amigos em Vargem Grande, zona oeste do Rio. Ali, as cachoeiras no meio da mata, as praias selvagens na vizinhança e o tom bucólico do vilarejo, com carroças puxadas por cavalos em ruas de terra batida, não saíam da sua cabeça.

_ Cada vez foi ficando mais difícil voltar dali para a Urca, onde morava há anos. Era um trajeto de cerca de 40 minutos, mas tinha a sensação de fazer uma viagem no tempo. Parecia loucura tomar a decisão de me mudar definitivamente, mas fui sentindo que a rotina poderia ser mais tranquila. Bastava me planejar e procurar um lugar simples e prático para alugar, sob medida para dividir com a minha filha Dora, de 6 anos. Queria algo compacto, mas gostoso, cercado de natureza. Era isso o que eu buscava: acordar e me sentir rodeada de verde.

Quando começou a pesquisar as opções, encontrou um condomínio recém-construído, com unidades tipo lofts, montados com contêiners (projeto Clau Arquitetura) – em um terreno generoso, arborizado. Como a planta era aberta, conseguiu desenhar cantos gostosos nos cerca de 50m2, usando peças de marcenaria aproveitada de outros ambientes, como um revisteiro e uma cama que já tinham participado de projetos para antigas mostras de decoração (desenho em parceria com a Grão Arquitetura). Para arrumar o espaço com personalidade e charme, Daniela criou dois ambientes, o seu e o de Dora, com colchas, almofadas e luminárias do Mini Móbile Ateliê. E a qualidade de vida, aqui, vem dos deliciosos encontros. Nas horas livres, as duas adoram aproveitar a varanda da frente e o pátio nos fundos, onde montam uma mesinha para desenho ou praticam, juntas, ioga.

_ E ainda tem praia e montanha do lado. É uma paz… _ arremata Daniela.

Amamos:

O clima zen do lugar, o espaço bem-resolvido e as cores colocadas de forma harmônica, principalmente nas estampas dos tecidos que tingem as almofadas. E a estética do contêiner, super prática e ecológica!

Mão na massa:

Viu a cúpula do abajur feita de tecido? Que tal customizar a luminária, forrando com alguma estampa, ou prendendo pequenos enfeites? O tom fica mais divertido e colorido.

Deixe seu comentário