Casa para dois

BIA, 2 anos, reinava absoluta em seu quarto até a chegada do irmãozinho BERNARDO, hoje com 7 meses. Coube à dupla da MANGA ROSA ARQUITETURA replanejar o ambiente para receber com conforto o bebê e deixar a mocinha feliz com o novo espaço. Veja as fotos abaixo e responda: alguma dúvida do sucesso na tarefa?

Fotos: Andrea Marques

A mãe de Bia e Bernardo namorava faz tempo as premissas do método montessoriano. Para a primeira filha, ainda optou pelo tradicional berço. Mas na gravidez de Bernardo estava decidida: queria experimentar o “tal” colchão no chão. E foi esse o seu primeiro pedido às arquitetas Bruna Eckhardt e Marcela Oliveira, da Manga Rosa, que foram chamadas para assinar o quarto de 9m2 do casal de irmãos, no apartamento em Icaraí, Niterói.

– A gente pensou em uma estrutura bem baixinha para não deixar o colchão em contato direto com o piso e protegê-lo da poeira do chão. Desenhamos então essa marcenaria em “L” e fizemos uma casinha (1,20 m de altura) no encontro delas, que é um lugar em comum para funcionar como uma cabeceira e um palquinho também. Tudo em freijó. – conta Marcela.

A dupla, claro, agradou em cheio Bia, que ganhou o canto fofo com luzes de bolas coloridas e um palco onde vira e mexe acontecem apresentações de violão. Uma segunda casinha ainda enfeita a outra cabeceira da cama dela. E embaixo do tatame de 20cm de altura, gavetas ajudam a guardar brinquedos e livros.

Para dar o tom “neutro” de um quarto compartilhado por menino e menina, cinza com um quê de verde e lilás colore as paredes. O papel foi impresso sob medida, a partir de uma pesquisa de estampas. Nos detalhes que compõem a decoração, pôsteres garimpados na internet e bandeirinhas feitas à mão por Marcela e Bruna.

Na outra parte do ambiente, aparece um grande painel de madeira com prateleiras e bobina de papel – também desenho das arquitetas. A mesa Tok & Stok já era da Bia. Reparou que não tem armário de roupas? Fica no corredor, o que ajudou muito a “ampliar” o espaço.

– A mãe queria um quarto para durar, então veja que os colchões são de solteiro, é só botar aquele protetor portátil enquanto Bernardo é bebê – diz Bruna. – E ali onde está o painel pode ser facilmente um canto de estudos com uma escrivaninha no lugar da mesa baixa.

Amamos:

O tatame em "L" com a casinha e um palco no meio é diversão garantida para bebês e crianças maiores, além de muito charmoso.

Mão na massa:

Os quadros foram baixados da internet - está cheio de opções na rede. E para fazer as bandeirinhas, elas compraram tecidos, cortaram e costuraram.

Deixe seu comentário

10 comentários

  1. Patrícia Rondini

    Olá, estou buscando papel de parede em tom bege com tema geométrico, abstrato ou retrô. Gostei deste papel com losango do quarto das crianças. Poderia me dizer onde encontro? Muito obrigada!

    Responder

    • natoca

      OLá Patricia, esse papel de parede foi desenvolvido pela Manga Rosa, escritório de arquitetura que assina o quarto. O contato delas está no no “parceiros”. Checa com elas! abs, NaToca.

      Responder

  2. Pingback: QUARTO MONTESSORIANO - De Casa blog

  3. Erika Pessurno

    Adoro a autonomia que proporciona!!!

    Responder

  4. mariana andrade

    Lindo, montessoriano, livre acesso as crianças, fantástico!

    Responder

  5. Viviane Calza

    Quero saber se daria para adaptar em um quarto de 2,40 por 2,40 ?? E qual valor

    Responder

    • natoca

      Olá Viviane, as arquitetas da Manga Rosa podem te ajudar sim. Fala com elas! O contato está no Parceiros do site.

      Responder

  6. Mariana

    Estou absolutamente encantada com esse quartinho. Tenho duas meninas, ambas dormem em camas montessorianas, mas essa ideia de ter uma gaveta embaixo é muito perfeita! E a decor, linda demais.

    Responder

  7. Mirian Claudino

    Lindo, livre para os pequenos brincarem a vontade…

    Responder

  8. luiza

    que quarto mais linda!! …amei tudo!!

    Responder