Preto, cinza e verde

Inspirado nos tons básicos que desenham o estilo de decoração escandinava, o diretor criativo da Outer, BRENO BULUS, montou o quarto de NUNO, seu segundo filho com a médica PRISCILLA TOSTES. Cheios de ideias e disposição, eles garimparam absolutamente tudo e criaram um espaço delicioso para o recém-nascido.

Fotos: Sambacine

Fazer diferente. Quando Breno Bulus, diretor criativo da Outer, começou a planejar a decoração do quarto de bebê do seu segundo filho, Nuno, 3 meses, era apenas essa certeza que ele tinha. Criar um ambiente que fosse o oposto do quarto colorido da filha mais velha (nos posts Feito em família e 2).

_ Para ela, tingimos as paredes e móveis de tons fortes, bem marcantes. Já no caso do Nuno, preferimos apostar nas cores básicas e só pintamos o berço (que era dela) de um verde mais fechado _ conta ele.

A aposta, aqui, foi em estampas e detalhes em preto e branco, já que Breno e Priscilla pesquisaram que esses tons são os primeiros que a criança identifica, segundo o método Montessoriano. Uma das paredes foi revestida com o papel “Bichos do Brasil”, desenhado por Marcelo Rosenbaum, enquanto as outras receberam um tom de bege acinzentado. O grande destaque fica por conta do berço. Breno desenhou o móvel para a primeira filha e executou em uma marcenaria de Tiradentes, em Minas Gerais. Para reaproveitá-lo, foi só passar algumas demãos de tinta verde.

_ Pedimos para o caseiro fazer. Tudo bem simples, home made – revela ele.

De quebra, ele também conseguiu aproveitar alguns objetos de decoração que estavam sem uso em casa. A luminária ao lado da poltrona era amarela, mas recebeu alguns jatos de tinta spray cinza e ficou com a cara do quarto do Nuno. O pendente, trazido pela avó da feira Maison & Objet, em Paris, se destaca por ali. E a poltrona de amamentação, antiga, ganhou novo tecido assinado por Hercovitch.

Outros objetos são fruto do garimpo feito por ele em viagens (por exemplo, as cabeças de ursos, trazidas do Canadá) e na internet, como os quadros da Etsy (Breno comprou, imprimiu e emoldurou). Na loja FEIRA (na Bhering, zona portuária do Rio), encontrou um cesto cinza de feltro e o cabideiro de canos pretos. De pínus, o baú para guardar brinquedos também funciona como sofá, com almofadas encontradas  em diversas lojas como Zara Home, Leroy Merlin e no site Elo7. As bandeirolas (que também tinham no quarto de Antonia, a primogênita) vieram da Etsy,  E o tapete verde lembra o tom de um gramado e alegra o ambiente. Protetores de berço e cortinas, de linho, levam a assinatura da Lutèce.  

Amamos:

A combinação de preto, cinza e verde. E o garimpo de objetos, que trouxeram um tom simples e sofisticado ao ambiente do rapaz.

Mão na massa:

O berço de Antonia foi reaproveitado apenas com uma demão de tinta. E a cômoda também. Por que não renovar os móveis com nova pintura?

Deixe seu comentário

2 comentários

  1. Vanessa Goldblum

    Bom dia ! que quarto mais lindo ! parabéns ! queria muito tirar uma duvida, qual foi a tinta utilizada para pintar o berçinho? obrigada !!

    Responder

  2. Pingback: Como montar um quarto atemporal e versátil para seu filho | Vestida de Mãe | Blog sobre Gravidez, Maternidade e Bebês por Fernanda Floret