Alto astral

Quem entra nessa casa, no alto do Jardim Botânico, original dos anos 70, se sente imediatamente abraçado pelo jardim, pelas trepadeiras que sobem pelas paredes e pelo clima bucólico. A dona dessa atmosfera deliciosa é a estilista KATIA BARROS, da Farm e da Fábula, que vive ali com a filha MANU, de 9 anos, e fez desse paraíso um lugar único e repleto de personalidade.

Fotos: André Nazareth

Kátia abre a porta com a mesa posta para um lanche, flores nos vasos e logo oferece um suco de melancia recém-preparado. Não dá para recusar. O papo começa fácil, sem pressa: afinal de contas, a casa tem aquele clima de fim de semana e dá vontade de entrar, relaxar, ficar à vontade… Uma delícia em meio ao verde do bairro do Jardim Botânico carioca. Logo aparece a outra dona do pedaço, Manu, de 9 anos, filha única, dançarina nas horas vagas e uma simpatia. Totalmente extrovertida, ela mostra o seu quarto e logo avisa que vai, em breve, mudar a decoração, porque quer uma mesa de estudo, uma cama grande e baixa, e prefere que o ambiente seja menos estampado.

– Viemos morar aqui há 3 anos. Antes de mudar, fiz uma reforma básica na sala, integrei com a cozinha, mas mantive os arcos que fazem a ligação da sala para a varanda e os azulejos estampados de azul na entrada. Quem cuidou do projeto foi a arquiteta Camila Urbanetto, que criou essa área de lazer, ao lado da piscina – conta Katia. – Para o quarto da Manu, escolhi um papel de parede bem estampado, que desenhou o fundo da cama. Eu adoro, mas agora ela quer mudar. Tá na hora da mocinha mostrar que também tem personalidade.

E haja personalidade. Por todo o lado, no quarto de Manu, se destacam as peças queridas, como as bonecas russas, as fotos da família e amigos, as almofadas de “monstros Ugly Doll” no sofá. Na entrada, a fantasia de palhaço foi resultado de um garimpo de Katia em um brechó no Japão. E a estante ganhou um tom de azul muito especial,  escolha da mocinha.

– Amo azul e vermelho sangue – diz Manu, que se juntou à Giovanna, de 13 anos (irmã por parte de pai) e Rafaella Bastos, de 16 anos, afilhada de Katia, para as fotos no jardim. – Vamos, agora, juntas para o teatro. O dia está só começando – avisa, feliz da vida.

Nesse clima descontraído, Kátia chama o maltês Chiquinho para participar também das fotos e vai logo avisando:

– A casa está sempre cheia de flores e de gente. Adoro festa, acho que essa energia inspira e faz o maior bem.

Amamos:

O mix de estampas; o tom de azul da estante; a coleção de bonecas na estante e o jardim delicioso.

Mão na massa:

O painel de fotos de Manu ficou bem diferente, com cabos de aço esticados (de cortinas) e pequenos jacarés prendendo as imagens.

Deixe seu comentário

4 comentários

  1. Ana

    Casa linda. De onde é o papel de parede da Manu?

    Responder

  2. Carolina

    Tudo lindo! Sabem informar de onde é o balanço ou quem fez?

    Responder

    • natoca

      Oi Carolina, esse especificamente não sabemos, mas a Oficina Ethos tem um balanço nesse estilo (pode até ser de lá esse!)

      Responder