Diversão na casa dos avós

Escorrega, mezanino, cabana, futon, arara de fantasias… O que mais poderiam desejar os netos de CLAUDE TROISGROS e CLARISSE SETTE em sua brinquedoteca, feita sob medida para atender os sonhos dos pequenos na casa dos avós? Projeto incrível da OBA! ARQUITETURA.

Fotos: Leonardo Costa

Claude Troigros e Clarisse Sette adoram uma boa farra e, assim que se mudaram para a nova casa, no Jardim Botânico, encomendaram à arquiteta Leila Bittencourt, da Oba!, uma brinquedoteca do estilo “irresistível”.  Na verdade, loucos de vontade de curtir os netos, sentar no chão e brincar junto, não economizaram atrativos. Tem de tudo no espaço: cabana, escorrega, TV, arara de fantasias, gavetões para guardar legos, canto de leitura, futons (Biofuton) para todo mundo se esparramar, livros expostos… Enfim, imaginou algo que as crianças vão amar? Tem lá.

_ A Clarisse e o Claude têm esse espírito lúdico, são avós jovens, então me deram carta branca para fazer um espaço mágico, encantador. Os netos têm diferentes idades e, por isso, era importante ter atrativo para todos. E tinha que ter espaço para receber os amigos, porque a casa vira sempre um grande ponto de encontro. É assim que eles gostam de viver, cercados de crianças e gente bacana por todos os lados _ conta Leila.

Como o pé direito do ambiente já era alto (mais de 3 m), Leila conseguiu encaixar o hit do momento: um mezanino com jeito de cabaninha, que dá para descer pela escada ou pelo escorrega. O revestimento dessa estrutura é de pinus, uma madeira que traz um ar rústico e descontraído ao ambiente. No mais, com uma base neutra (piso, parede e venezianas de madeira ou branco/azul), ela pode abusar das cores nos estofados e nos detalhes da marcenaria. Tem uma parede “lousa”, com fórmica branca para desenhar e lugar para prender fotos e desenhos. A estante, por sinal, traz uma novidade descolada: foi montada com tubos metálicos, tipo conexões. No melhor estilo industrial e sem frescuras. É ali que as fantasias ficam penduradas. Luminárias da Dimlux e, repare, na porta tem um “recorte” tingido de vermelho, que se abre separadamente para os gatos e animais entrarem e saírem…. Vale tudo!
_ Eles viajam muito e trazem coisas legais. Assim a decoração ficou bem charmosa. Outro atrativo que faz sucesso é a minicozinha vermelha embaixo da cabaninha. Para todo mundo brincar de chef com o Claude. Teve até inauguração, maior sucesso _ diz a arquiteta, que fez questão de ter um espaço-cafofão, bem confortável. _ O clima é de acampamento estiloso…. _ acrescenta.  

Amamos:

A estrutura do mezanino, estilo cabana-acampamento. O mix de cores básicas, que descontraem o ambiente.

Mão na massa:

O fio tipo arame para prender fotos, desenhos, é sempre uma forma das mais criativas para decorar. E incentiva a interatividade. E o adesivo com o nome de todas as crianças? Sacada bacana para os pequenos se sentirem “donos” do espaço.

Deixe seu comentário