Garoto de sorte

GABRIEL é o filho mais novo da designer NARA MAITRE, dona de um ateliê descolado voltado para o universo infantil. Suas estampas, seus quadrinhos e até o adesivo da parede levaram o maior charme ao quarto do menino, junto com móveis e acessórios da LZ MINI. Afinal, ele tem sorte ou não? 

Fotos: Nicolas Bouriette

Depois de longas temporadas morando em São Paulo e São Francisco (Eua), Nara Maitre voltou para o Rio em 2009, já mãe de Marie, na época com 5 anos (agora ela tem 12!). Cansada da estressante carreira de diretora de arte em agência de publicidade, começou a investir no universo infantil, desenhando produtos e estampas lúdicas e lindas. Primeiro, criou o Nids de Petits, um ateliê fofo que funcionava em um loft perto de sua casa, no Jardim Oceânico na Barra da Tijuca carioca. Inspirada em um estilo mais solto, com menos marcenaria e um olhar afinado para acessórios e padronagens diferentes, a marca conquistou uma legião de fãs. Logo o negócio cresceu, seus produtos ganharam o mundo, e ela assumiu seu nome – Nara Maitre – no ateliê que hoje já emprega uma equipe fixa das mais dedicadas.

Desenvolvendo agora uma linha exclusiva para o lançamento da Lz Studio Mini, com direito a almofadas, colchas e vários acessórios descolados, Nara abriu as portas dos quartos dos filhos para o NaToca. Recém-reformados, os ambientes são puro charme e trazem sua marca registrada: a descontração e total personalidade. E o primeiro ambiente que “sai da toca” é o do Gabriel, de 4 anos. Aqui, ela colocou uma cama alta – pedido expresso do rapaz -, com um adesivo irregular atrás, que imita a textura da madeira. De resto, pufe (Fat Boy da Lz Mini) para se esparramar, mesa e cadeira para desenhar (Lz Studio Mini) e uma estante baixa para deixar os brinquedos e livros bem acessíveis.

_ Esses adesivos geométricos são simples, descolados, e criam uma espécie de lambri informal, porque protegem a parede. Acho uma solução bacana e bem econômica. Na verdade, eu queria colocar uma cama baixa, tipo deck, para ele. Mas não houve jeito. O Gabriel pediu uma alta, como a irmã – conta ela, que confeccionou colcha e almofadas (Nara Maitre para LZ Studio Mini), assim como as bandeirinhas que enfeitam a janela.

No mais, acessórios, como o balão de madeira, luminárias, porta-livros… Tudo da Lz Studio Mini. Do acervo de Nara vieram os quadrinhos, a manta pb e a mochila fofa – produtos do seu atelier. A escultura de papel machê na parede é da Carla Xis (coelhinho) e o móvel baixo branco da Ikea. Caixote com letras – embaixo da cama – da Zara Home e cabideiro da Habitat francesa.

_ Tingi a parede oposta da cama com um tom de cinza forte mas neutro (Elefante, da Suvinil) e tomei partido de um pilar existente pintando-o com tinta lousa. Acho que foi uma solução bacana. No mais, sempre que viajo trago algo de decoração para os quartos. Gosto dessas misturas divertidas e sem preconceitos _ arremata ela.

Amamos:

O mix de estampas sobre a base cinza na parede; a composição de quadros e o cantinho de leitura, com o Fat Boy da Lz Studio Mini.

Mão na massa:

O adesivo irregular, que desenha um lambri, pode ser feito artesanalmente. Uma forma de estampar a parede com simplicidade e bom gosto.

Deixe seu comentário