Sofia se esconde de um lado da cortina branca, depois se joga para o outro e se diverte na sua cama-tenda, feita sob medida para seu quarto de mocinha. A menina, de 3 anos, ganhou uma suíte planejada só pra ela, de 12m2, deixando o berço e a decoração bebê pra trás. A cama é o ponto alto – desenho da arquiteta Cristiane Passos, que assina o espaço inteiro.

_ Fiz essa armação de madeira em cima da cama, em MDF carvalho ibiza, que é toda aparafusada. Mais tarde, quando ela crescer ou cansar da cabaninha, é fácil de retirar e virar uma cama mais tradicional _ explica Cris.

Na armação, a cortina de linho com fitinhas amarradas e fio de luzes arrematam a tenda de Sofia – charme total! Como pano de fundo desse cenário, o lambri branco e o papel de parede azul com gaiolas de passarinho (garimpo da arquiteta, dona de uma preciosa agenda de fornecedores com bons preços) dão um toque romântico ao quarto.

_ A ideia era fazer mesmo um fundo pra cama, dar uma preenchida nessa parede, já que a cama não tem cabeceira _ acrescenta Cris.

Um pequeno espaço ao lado, o cantinho de leitura é formado com um futon redondo e abajur preso na parede. Os livros ficam expostos e à mão nas prateleiras com acabamento arredondado. E tem livros ainda no banheiro, em nichos diferentes, quadrados.

Em frente, fica a generosa bancada, também feita sob medida – repare: uma fita adesiva na frente imita madeira. “Encaixados” embaixo, dois baús pintados de rosa com rodízios guardam brinquedos, e uma mesinha solta, com cadeiras da Oppa, viram extensão da bancada, para Sofia desenhar.

Tem quadrinhos, letra forrada de tecido, bastidores (Uauá Baby) e um cabide fofo de nuvem na parede levando a maior graça ao ambiente.

Amamos:

A cama-cabana, claro! Cansou? Ou a criança cresceu? É só desaparafusar a armação que vira uma cama tradicional.

Mão na massa:

Viu o espaço dedicado à leitura? Um canto pequenino. Bastou escolher um futon confortável, pensar na iluminação e ter livros por perto.

Deixe seu comentário