Juntos venceremos!

ENRICO e BRENO têm 4 anos, são gêmeos, e precisavam de um quarto que fosse um playground, durante o dia, e um refúgio aconchegante, na hora do sono. A designer de interiores CRISTIANE SALLES se juntou à NARA MAITRE e, juntas, elas criaram um espaço bem-bolado, funcional e cheio de sacadas bacanas.

Fotos: Nicolas Bouriette

A designer de interiores Cristiane Salles tem filhos da mesma idade e conhecia os gêmeos Enrico e Breno porque são da mesma turma da escola que o seu. Quando chegou a hora de fazer uma reforma para acomodar melhor a dupla, a mãe, Renata Tilli – o quarto do primogênito, Pietro, já foi publicado aqui -, não teve dúvidas: convocou Cris para dar um parecer em como transformar o quarto em um espaço alegre, atraente e funcional. Tinha certeza de que ela saberia o melhor caminho para deixá-los felizes e adaptados.

_ Ela me chamou porque eu era mãe de menino também, trabalho com isso, sou prática e sei bem como rola a bagunça. Me pediu que eu conseguisse criar soluções para mantê-los dentro do quarto, com um espaço generoso para brincar e organizar tudo. Foi aí que surgiu a ideia de elevar a cama (1,10m, sobrando 1,40m de pé direito ainda), transformando-a em uma ‘toca’. Embaixo, eles conseguem entrar e se esparramar sem problemas _ conta Cris, que já planejou o futuro: em alguns anos, a estrutura toda vai baixar e virar uma cama tatame (com 35 cm de altura).

Na ‘toca’ de Enrico e Breno, tudo fica bem acessível: baldes de plástico separam os carrinhos, bolas e bonecos. Uma solução perfeita para facilitar a organização depois da farra. A parede imantada, ali, tem ímãs com letras soltas – uma forma lúdica de estimular a alfabetização. Para melhor manutenção, Cris evitou pintura com acabamento de laca e preferiu usar fórmica em cores bacanas, como o padrão carvalho que forra a marcenaria da cama. O piso é branco e a escrivaninha (em balanço) ganhou um azul puxado para o cinza.

_ Em breve o mezanino vai ganhar uma rede para ficar mais seguro _ afirma ela.

Quem assina todo o enxoval e estampas é a designer Nara Maitre que, sabendo que o espaço ficaria tomado por brinquedos, preferiu usar grafismos leves e criou um tapete vinílico, prático e lavável, acompanhando a padronagem. Os mesmos tons estão nas colchas e almofadas das camas.

_ Estudamos bastante como trazer uma estampa sem pesar. Deu certo! As crianças agora não saem mais daqui _ revela Nara.

E Renata, feliz da vida, concorda:

_ Eles falam que são donos de uma caverna!

Amamos:

A solução da marcenaria, prática, que atraiu a dupla para o quarto. E o tapete vinílico, estampado e lavável, sacada de Nara Maitre para não acumular poeira.

Mão na massa:

Baldes de plástico se transformam em cestos perfeitos para organizar os brinquedos. Escolha uma cor para cada “categoria”. E a parede imantada com letrinhas? Um estímulo para os pequenos experimentarem desde cedo a alfabetização.

Deixe seu comentário