Davi não mora no Brasil, mas quando vem ao Rio para as férias tem um quartão de 16m2 pra chamar de seu. A família, que está há mais de 10 anos fora (atualmente o endereço é no Japão), investiu em uma casa na Barra da Tijuca para ter um pouso certo por aqui e aproveitar com conforto o período em seu país. Os quartos da irmã (Alice) e do irmão (Caio), nessa mesma casa – toda assinada pela Egg Interiores – , já foram mostrados aqui no NaToca. Agora, chegou a vez do Davi, 9 anos, abrir as portas de seu espaço que entrega logo a paixão do rapaz.

_ Ele é louco por futebol, seguindo o caminho do pai (o jogador André Bahia). Não quisemos fazer algo muito temático não, mas há elementos espalhados, como a camisa do Flamengo do pai dele, que foi emoldurada, as bolas expostas em suportes e um armário com portas de vidro para ele deixar sua coleção de blusas de time exposta. Por sinal, é enorme, com mais de 50 camisas… Tem mais dentro do closet _ conta a arquiteta Pualani Di Giorgio, da Egg.

O armário chama atenção no ambiente – leds acendem quando a porta é aberta, e Davi, claro, adora! O menino curtiu bastante opinar no quarto – além de pedir a coleção à mostra, escolheu o tom do azul da parede (uma pintura em degradê feita pela A Casinha), o jeans da colcha que cobre a cama…

Tem azul (petróleo) ainda no painel de laca atrás da cama, que faz as vezes de cabeceira e segue por toda a parede até a parte da bancada, casando com o cinza que também faz parte da paleta de cores do ambiente. A marcenaria cama (uma bicama tamanho viúva) mais bancada foi toda desenho da Egg, assim como a estante em frente, onde fica a TV e o videogame – outra paixão de Davi.

_ É um quarto já com ar de adolescente, para durar longos anos _ conclui Joana Di Marino, arquiteta também sócia da Egg.

Na decoração, quadro Pixels, luminária de seta e acessórios da LZ Mini.

Amamos:

O painel único azul petróleo corre por toda a parede do quarto, atrás da cama até a bancada - um bom recurso para quarto de criança, para não sujar a parede.

Mão na massa:

Para a meninada que adora futebol, fica a ideia de deixar a coleção de camisas de time exposta. Pode ser uma arara, um cabideiro, emoldurar algumas... Agrada o dono e dá uma bossa na decoração.

Deixe seu comentário