Na Estrada: barco-casa pela Holanda

A designer de interiores RENATA FRAGELLI, o marido, e os dois filhos adolescentes – Pedro, de 15, e Guilherme, de 13 – alugaram um “barco-casa” nas férias de verão, na Europa, e se embrenharam pelas cidadezinhas do norte da HOLANDA. Sozinhos, sem marinheiro, eles viveram a maior aventura!

Tags:

“Descobri essas ”peniches”, esses barco-casas franceses, em uma matéria de uma revista especializada em viagem. Achei que poderia ser algo diferente para fazer com as crianças e meu marido, que ama navegar, topou na hora. Logo optamos pela Leboat (www.leboat.com) para tratar do aluguel – essa empresa trabalha em 17 regiões diferentes, com mais de 200 roteiros. Só na França são 149! E você pode escolher o tamanho do barco, se é round-trip ou one way e optar por períodos de 3, 7 ou 14 dias.

Foi difícil escolher um roteiro. Fui eliminando os lugares que não tinha tanta vontade de conhecer, os mais batidos e populares, e os que tinham muitas eclusas. Sim, as eclusas são bacanas apenas no início da viagem. Depois fica muito chato, dá o maior trabalho! Os roteiros mais bonitos e famosos ficam no Canal de Midi, na França, mas lá você pode passar por mais de 10 eclusas num só dia!

Depois de mais de duas semanas pesquisando no Google, escolhemos o Norte da Holanda. As cidades pareciam de boneca! Quando vi uma chamada “Giethoorn”, toda cortada por canais e as casas parecidas com a da Branca de Neve e os 7 anões, bati o martelo. Além disto, passar uns dias em Amsterdam seria maravilhoso. E ainda tivemos o privilégio de viajar em uma época do ano em que escurece por volta de 22h e o dia rende bastante. Não é quente demais e realmente conseguimos aproveitar cada minuto. Foi uma semana de sonho.

Vale lembrar que os canais, muitas vezes, ficam congestionados e o público que faz esse tipo de viagem é eclético: casais jovens, grupos de amigos, aposentados. Tem quem leve cachorro, netos, casa de boneca… Um estilo bem diferente de estar “na estrada”, com um ritmo muito próprio, sem estresse.

Na Le Boat qualquer um pode alugar um barco, só é preciso ter mais de 18 anos e carteira de motorista. Antes de começar a viagem, você tem apenas meia hora de explicações e pronto! A aventura começa.  O nosso “modelo” tinha 3 suítes, uma cozinha toda equipada, e a sala. Super confortável! Eu não cozinhei, mas dá perfeitamente. O barco que escolhemos foi esse: http://www.leboat.com/boats/elegance

A verdade é que muitos acharam que era loucura, arriscado, mas deu tudo certo, fora uma batida em outro barco no primeiro dia. Aprendemos tudo na marra. Eu nunca tinha amarrado um barco na vida, nunca tinha passado por uma eclusa ou ponte levadiça. Mas sempre surgia alguém pra ajudar, dar dicas, e assim fomos aprendendo  – e nos divertindo.

Se valeu à pena? Bom, essa foi eleita a melhor viagem de nossas vidas – incluindo o voto do Pedro e Gui. Melhor que Disney e que uma aventura de motorhome pela Califórnia”.

Deixe seu comentário

Um comentário

  1. Aurea Gomes Coelho

    Programa interessantíssimo! Vcs receberam ajuda como li acima, qual a língua usado nessa said ocasiões?
    Parabens pelo espírito aventureiro! Dream descanso à Internet ou os dednhos continuaram agindo?
    Perdoem as perguntas pois tenho netos jovens que gostarão de saber disso.

    Responder