Na Estrada: brincar na Dinamarca

Mais do que simples espaços para brincadeiras, as pracinhas infantis na Dinamarca estão virando lugares recheados de design, com narrativas visuais que convidam à fantasia. Isso graças à turma da MONSTRUM, empresa que projeta e produz parques exclusivos, misturando arte e arquitetura.

Fotos: divulgação

Tags:

No lugar da caixa de areia, escorregas e balanços, as praças com assinatura da Monstrum ganham brinquedos gigantes, que podem ter formato de aranha, cobra, baleia, robô, submarino, navio naufragado, foguete, castelos e torres de formas irregulares… Verdadeiras esculturas, produzidas artesanalmente (a maioria em madeira certificada, mas há peças em aço também) na oficina, que fica em Hvidovre, na região de Copenhagen, capital da  Dinamarca.

A empresa foi fundada em 2003 pelos artistas Ole Barslund Nielsen e Christian Jensen, que se conheceram no mundo do teatro, trabalhando como cenógrafos. Hoje, contam com 23 profissionais para dar forma aos parques, coloridos e baseados em histórias. O objetivo da dupla é inspirar as crianças a se movimentar e desafiar suas habilidades motoras, bem como sua imaginação.

– Acho que os playgrounds devem ser um reflexo do mundo que nos cerca. As crianças podem experimentar o perigo, sentir adrenalina… Na vida, é preciso assumir riscos para obter sucesso e sentir satisfação pessoal quando você voltar para sua zona de conforto. É claro que esses desafios que propomos devem se desdobrar em condições seguras – defende Christian.

A Monstrum tem diversos espaços já construídos ao redor do mundo, principalmente na Europa. A maioria dos projetos fica na cidade deles, o que só instiga a colocar Copenhaguen no seu destino turístico com crianças.

Foi o que fez o arquiteto carioca Ricardo Alves de Almeida, pai de dois meninos sapecas e divertidos, e fã da empresa dinamarquesa desde que viu pela primeira vez  na internet seus parques (e contou pra gente!):

– O design é muito original, super criativo e divertido. Remetem aos desenhos animados e histórias infantis. Nunca tinha visto nada parecido. Geralmente os brinquedos de espaço públicos são comuns e sem graça. E muitas vezes até oferecem perigo às crianças. Esses da Monstrum são nota 10!

Deixe seu comentário

3 comentários

  1. Renata

    Meninas, AMEI isto!!!!!!!!!! Bjs!

    Responder

  2. Pingback: Na maior farra - NaToca