Anexo na serra

Com a chegada da recém-nascida Alexandra, as irmãs Angelina, de 9 anos, e Aurora, de 7, ganharam um quarto novo, envidraçado, com uma vista linda para o vale. Tudo isso na casa em que os pais vivem, na serra fluminense. Projeto do arquiteto RODRIGO SIMÃO e da artista plástica KATHARINA WELPER.

Fotos: André Nazareth

Angelina e Aurora eram as felizes proprietárias de um quarto lindo e de uma brinquedoteca maravilhosa (veja aqui) na casa em que vivem, em Petrópolis. O pai, o arquiteto Rodrigo Simão, e a mãe, a artista plástica Katharina Welper, fazem o estilo de casal criativo, que não se rende a soluções prontas e adora colocar a mão na massa. Ou seja, em todo o ambiente tem algo de diferente, de pessoal e muito charmoso. Quando souberam que viria uma nova integrante para a família, a pequena Alexandra, atualmente com 3 meses, resolveram que a melhor opção seria colocá-la no antigo quarto da duplinha e montar um novo espaço para elas, mais integrado à área externa.

_ Resolvemos assumir que teríamos que fazer um puxadinho, literalmente. Do lado de fora, forramos a estrutura com madeira maciça (eram tábuas de assoalho, de um caminhão de madeira de demolição que Rodrigo arrematou) e, no interior, usamos cimento no piso e muito vidro nas esquadrias. Trocamos as paredes de alvenaria por portas de correr, que ligam o ambiente com o jardim. Acordar, ali, é uma delícia. Mas no inverno é bem frio, tem que ter aquecedor _ conta Katharina.

Os móveis foram aproveitados de antigos ambientes da casa: as camas vieram de um brechó e as colchas, coloridas, foram garimpo em viagem ao México. Os adesivos, na parede com textura cimentada (massa grossa na obra, demão por cima de massa acrílica e, depois, lixa), são de um museu em Nova York – “tínhamos há tempos e agora descobrimos onde usar”, conta Rodrigo _ e um detalhe bacana é o quadro do avô de Katharina na parede. O globo veio de uma papelaria bem simples e a nuvem de neon foi presente de uma amiga.

_ Adoramos misturar uma arquitetura mais contemporânea, brutalista, com peças quentes, antigas e obras de arte. Essa composição traz muito calor e aconchego para os ambientes. As meninas amaram seu novo espaço e sabem que, aqui, tem algo de especial, feito por nós para elas _ revela Rodrigo.

Amamos:

A arquitetura do ambiente; a escolha dos objetos; as colchas mexicanas e os adesivos de dinossauros na parede.

Mão na massa:

Katharina emoldurou um antigo quadro do avô para as filhas curtirem o passado da família. Que tal garimpar memórias, fotos, desenhos e colocar com destaque, compondo a decoração do quarto?

Deixe seu comentário