Mix de brinquedoteca e sala íntima da família, o terceiro andar dessa casa, na Barra da Tijuca, se transformou em um ponto de encontro – de adultos e crianças. Não é para menos: o sofá estilo “camão”, de frente para a TV, é irresistível para se jogar e esquecer da vida. Os caixotes, organizadíssimos, ficam lotados de brinquedos acessíveis e a luz filtrada pelos amplos janelões é linda. O feliz proprietário dessa “terra encantada” é Noah, de 1 ano e 3 meses. Seus pais encomendaram à arquiteta Amanda Miranda uma área de lazer completa para o rapaz e suas primas, Duda, de 4 anos, e Bia, de 2. Agora, ninguém quer mais sair dali. Dá para entender, não?

– Tudo foi pensado para facilitar a acessibilidade de crianças com idades variadas e principalmente do Noah, que aprendia a andar quando o projeto ficou pronto. Por isso, em vez de um sofá, fizemos um grande camão com 30 cm de altura, montado com colchões de uma espuma mais densa e lotado de almofadas. Ao lado, tem um “morrinho” de espuma com grama sintética – conta Amanda.

Os brinquedos em forma de rolinhos, interativos, foram escolhidos pelos pais, que tiveram a preocupação de não usar nada rígido ou pontiagudo no ambiente.

– Colocamos um grande tapete redondo listrado, bem fofo, delimitando a área da brincadeira, para amortecer as quedas – avisa a arquiteta, que conta ainda que o painel de lego na parede e o quadro de risco e rabisque foram duas ideias também dos pais de Noah.

Tem mais: uma piscina de bolinhas, espaço para a leitura e mesinhas de desenho (Oba!). Para guardar a quantidade enorme de brinquedos, foram projetadas estantes e baús com rodízios, que se deslocam com facilidade.  

– Foi interessante que apesar do ambiente ser muito alegre e colorido, o branco prevalece nos móveis e paredes. O azul marinho do camão foi escolhido porque esconde um pouco a sujeira do dia a dia.

As almofadas têm tamanhos e formatos variados, com tecidos da Orlean. Todos os móveis são desenho do escritório de Amanda e executados pela marcenaria da Lacca. Com tantos detalhes incríveis, agora a mãe de Noah conta que a galerinha não sai mais de sua casa. A última que ela ouviu de um amiguinho ansioso foi “tia, vamos lá no seu parque de brincar?”. Claro, sejam bem-vindos!!!

Amamos:

O estilo lúdico e interativo do espaço, onde o branco prevalece e a cor vem dos brinquedos e livros. Tudo fica ao alcance da criança.

Mão na massa:

Repara o “quadro” verde de placa de lego na parede? Muito legal! Dá para montar e desmontar à vontade.

Deixe seu comentário

3 comentários

  1. Virginia cunha

    Lindo esse quarto,, adoro essa combinação de azul com amarelo

    Responder

  2. Andreia Faria Fiaux

    Esse espaço é fantástico!!!! Imagina um quarto com essa ideia de cama?????

    Responder

  3. Luciana Rabelo Costa e Silva

    Um sonho encantado para pais, filhos e amiguinhos.

    Responder