Floresta divertida

A ideia das arquitetas TRIANA SERRANO e MANUELA SANTOS era criar um espaço lúdico ao ar livre, onde o verde e o cru do pinus prevalecessem. Com irreverência, elas montaram essa varanda “Floresta” em poucas horas, no pátio da mostra Lá NaToca, no Rio. Com tecido LA ESTAMPA e painel LILLE PIÁ.

Fotos: Leonardo Costa

O desafio foi dado: que tal montar um espaço pop-up no quintal da mostra de ambientes infantis Lá NaToca (realizada em novembro e dezembro de 2017, no Rio), em poucas horas, e para durar apenas um dia? As arquitetas Manuela Santos e Triana Serrano, apaixonadas pelo universo lúdico, toparam a parada e, em menos de um mês, criaram esse mix de varanda e brinquedoteca com ares de “floresta”, simples, lúdica, descolada – e perfeita para ser montada em qualquer tipo de ambiente.

_ Privilegiamos o verde, queríamos que ficasse bem natural, gostoso. Como um jardim lúdico. Usamos tecido (La Estampa, que simula uma mata tropical) para forrar o teatrinho, o papel de parede da Lille Piá de floresta (desenho da ilustradora Pat Lobo) como fundo, e criamos um pergolado com ripas de pinus. A mesinha ganhou vasinhos de plantas na base, estimulando as crianças a brincar com terra (Projeto de Gente) _ conta Manuela.

A ideia principal da dupla foi montar algo que pudesse ser facilmente transportado para o universo de um casa – ou seja, perfeito para ser montado em uma varanda, terraço ou até mesmo em um quarto.

_ O legal é ter essa cara de jardim, porque ai resgata o contato com a natureza na infância, algo que achamos essencial. Diante de tanta tecnologia, é importante estimular momentos ao ar livre, com muito verde, para os pequenos _ revela Triana.

Diferente das brinquedotecas mais comuns, onde a televisão e o computador são os maiores destaques, elas desenharam um ambiente arejado, com um pergolado onde o vento agita os móbiles e o balanço tem um papel importante. Espelhos foram colocados rente ao piso, em uma altura sob medida para estimular os pequenos.

_ Para este espaço, selecionamos um tecido incrível de folhagens da La Estampa como referência da nossa floresta tropical. É ele que dá forma ao teatro. Repensamos a mesa de atividades (Projeto de Gente), que se transforma em uma bancada de jardinagem com ferramentas de plantio. Os animais aparecem, sorrateiros, em diferentes cores e texturas (banquinho Elefante e troféus de animas da Oba!). Colocamos vários objetos pendurados no pergolado, de forma que o piso ficasse mais livre para atividades. E valorizamos o trabalho artesanal com móbiles de papel e casas de passarinho feitas à mão _ arremata Manuela.

Amamos:

O mix de estampas e a ideia de que uma brinquedoteca, na varanda, pode virar uma grande floresta.

Mão na massa:

A mesa de atividades se transformou em uma bancada de jardinagem!! Que tal experimentar colocar literalmente a “mão na massa” com os pequenos?

Deixe seu comentário